PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
5 de Junho de 2018 | Notícias

Trabalhadores em São Bernardo aprovam propostas de PLR

Trabalhadores na ASBrasil e Finestamp. Foto: Adonis Guerra

Em assembleia conjunta realizada na manhã do último dia 25, os trabalhadores na AS Brasil e Finestamp, ambas em São Bernardo, aprovaram por unanimidade o acordo negociado pelo Sindicato com a direção das empresas, que garante PLR e benefícios.

O valor acertado será pago em duas parcelas, metade em julho e a outra metade em fevereiro de 2019. Além da PLR, o acordo também garante aumento no vale-alimen­tação e que o reajuste de 10% no convênio médico seja pago pela empresa, a direção pretendia repassar o valor para o trabalhador.

“Esse é um grande avanço, pois estávamos há seis anos sem PLR. A empresa está em recuperação judicial, mas a produção vem aumentando, trabalhadores foram contra­tados e a demanda está em alta. É justo que o esforço dos últimos anos agora seja compensado”, contou o integrante do CSE, Andrevaldo Bispo dos Santos, o Nigéria.

Foto: Edu Guimarães

No mesmo dia, todos os trabalhadores na Fiamm, também aprovaram a proposta de PLR negociada pelo Sindicato. As parcelas serão pagas em julho deste ano e janeiro de 2019.

O coordenador de São Bernardo, Genildo Dias Pereira, o Gaúcho, contou que no início das negociações, a empresa propôs um aumento insignificante. “Em cinco reuniões, conseguimos um reajuste melhor que atendeu o que o pessoal na fábrica esperava. Logo após a assembleia, al­guns trabalhadores já nos procuraram para ficar sócios, o que mostra que estão reconhecendo a importância da representação”, observou.

Companheiros na Bombas Grundfos. Foto: Edu Guimarães

Na segunda-feira, 28, foi a vez dos companheiros na Bombas Grundfos votarem a proposta negociada pelos Metalúrgicos do ABC. A PLR aprovada será dividida em duas parcelas, sendo que a primeira já foi paga e a segunda está prevista para o final de janeiro do ano que vem.

“Conquistamos um reajuste satisfatório, apesar da direção ter alegado perdas e querer diminuir a PLR em relação ao que foi pago em 2017. Durante as negociações e com nossos argumentos, a empresa reconheceu a necessidade do aumento”, contou o coordenador.

Haverá sindicalização na fábrica amanhã, das 10h30 às 13h, em frente ao refeitório.

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: