PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
12 de Junho de 2018 | Notícias

Fala Wagnão - Marcha por Lula Livre toma as ruas de Curitiba

Fotos: Juka Madruga

Participei de duas ativi­dades importantes para os Metalúrgicos do ABC na semana passada. Uma delas foi a conversa que tive com os alunos da pós-graduação do Instituto de Educação Superior de Brasília, IESB, na capital federal, sobre a qual falaremos mais durante esta semana na Tribuna.

Também estive em Curiti­ba na sexta-feira, dia 8, para participar da 17ª Jornada da Agroecologia a convite das en­tidades do campo e da cidade que organizaram o evento em defesa de um projeto popular e soberano para a agricultura.

Ao final das atividades, saímos em uma marcha de sete quilômetros em defesa da democracia e da liberdade do ex-presidente Lula a partir do centro até o bairro Santa Cândida, onde fica a Superin­tendência da Polícia Federal.

Na vigília, representantes de 27 países mandaram o tradicional “boa noite, presi­dente Lula” em sete idiomas: português, inglês, francês, italiano, espanhol, árabe e hindu, o que dá a amplitude necessária para o que significa no Brasil a prisão política de Lula. O teólogo Leonardo Boff e o senador Roberto Requião também participaram da atividade.

É uma amostra da impor­tância de Lula para aqueles que defendem a democracia mundo afora, que percebem que a prisão dele é a continui­dade do golpe.

Toda essa contribuição, solidariedade, esse estar jun­to na luta, é extremamente importante como uma for­ma de denúncia do que está acontecendo no Brasil de que a única intenção, de fato, é sacramentar o golpe.

O ataque é aos direitos de cada trabalhador e trabalhado­ra. Não podemos permitir que essa violência que estão fazen­do com o companheiro Lula transforme o País naquilo que éramos há 40, 50 anos. É uma regressão na nossa democracia.

Existe essa compreensão internacional do movimento golpista retirando do Lula a possibilidade de ser candidato à Presidência da República e que está à frente de todas as pesquisas de opinião.

A nossa defesa é pela liber­dade desse que é o maior líder do nosso País e, com certeza, um dos maiores líderes mun­diais em favor da democracia e dos direitos da classe traba­lhadora.

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: