PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
28 de Junho de 2018 | Notícias

"Lula quer a liberdade de uma pessoa que foi vitimada pela injustiça", diz pastor evangélico

Na última segunda-feira, 25, o ex-presidente Lula recebeu a visita do pastor evangélico, Ariovaldo Ramos, da Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

O pastor relatou o encontro com o ex-presidente e disse que foi surpreendido pela disposição de Lula.

“Cheguei esperando encontrar um homem marcado pelo momento, mas encontrei um homem forte e resiliente, que sabe que está sofrendo perseguição política e está convicto da sua inocência”, contou.

Segundo o religioso, eles conversaram sobre a fé de Lula em Jesus Cristo e como isso lhe traz a força para enfrentar esse momento.

“A fé do ex-presidente lhe dá a certeza de que vai vencer e que vai ficar demonstrada a sua inocência e que todas essas ações foram mera perseguição política e que não há nada contra ele”, afirmou o pastor.

“Falamos muito sobre a situação do Brasil e a explicação para tudo isso que está acontecendo é o ódio que a elite brasileira tem ao pobre, porque ricardo stuckert ninguém pode dizer que no governo popular não cresceu, não melhorou de vida, não construiu empresa, não construiu vida nova”, acrescentou.

O pastor Ariovaldo Ramos se solidarizou com uma palavra de fé para que o ex-presidente continue firme.

“Os eleitores evangélicos em favor do governo Lula crescem e tem tido mais consciência de que estão diante de uma perseguição política, de que não há nenhuma prova, nada que desabone o presidente Lula”, disse.

“A elite brasileira precisa aprender que se não houver nação para todos não haverá nação para ninguém”, completou o pastor.

Segundo ele, o ex-presidente lamentou que servir aos pobres desperte tanto ódio, mas garantiu que irá continuar com o seu ‘sacerdócio’, com a sua vocação de servir aos mais vulneráveis e levar a mensagem da igualdade e da justiça.

“Nós, evangélicos, estamos atrelados a essa mensagem e, por isso, oramos juntos invocando a presença de Jesus Cristo, o seu poder, a sua graça, a sua misericórdia e pedimos ao espírito santo de Deus que intervenha em favor da liberdade, dos pobres e da nação brasileira”.

“Lula quer a liberdade de uma pessoa que foi vitimada pela injustiça”, finalizou.

Ataque a tiros

O acampamento Marisa Letícia, em Curitiba, sofreu mais um atentado a tiros na terçafeira, dia 26. Durante a manhã, um homem tentou atropelar integrantes da Vigília Lula Livre, ameaçou os acampados e prometeu voltar.

O homem voltou pouco tempo depois disparando tiros para intimidar os trabalhadores que estão no local em solidariedade a Lula, protestando contra sua prisão injusta e ilegal.

Em nota, a organização do acampamento denunciou a ação criminosa e repudiou o atentado.

 Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: