PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
4 de Julho de 2018 | Notícias

Trabalhadores estão convocados para assembleia de Campanha Salarial

Fotos: Adonis Guerra

Os metalúrgicos do ABC estão convocados para a Assembleia de Campanha Salarial amanhã, às 18h, na Regional Diadema. Ontem pela manhã, a assembleia de mobilização foi na Otis, em São Bernardo.

“Todos os trabalhadores estão con­vocados para uma grande assembleia amanhã de início da Campanha Salarial e aprovação da pauta de reivindicações”, chamou o secretário-geral do Sindicato, Aroaldo Oliveira da Silva.

“Temos que mostrar aos patrões que não estamos de brincadeira nesta Cam­panha Salarial. A reforma Trabalhista concretizou o fim da ultratividade, então, se não chegarmos a um acordo, as cláusulas sociais não serão mais re­novadas automaticamente como eram antes”, explicou.

“É um risco aos direitos, que muitas vezes os companheiros nem percebem mais como direitos de tão acostumados que estão no seu dia a dia. Por exemplo, a nossa Convenção Coletiva diz que recebemos até o dia 5 do mês, mas os patrões querem mudar para o 5º dia útil do mês”, prosseguiu.

As bancadas patronais já sinaliza­ram que querem rediscutir as cláusulas de garantia de emprego ao trabalhador com doença ocupacional ou vítimas de acidente de trabalho, a de estabilidade ao companheiro que está perto da aposentadoria e a complementação em caso de afastamento pelo INSS.

O coordenador de São Bernardo e CSE na Otis, Genildo Dias Pereira, o Gaúcho, ressaltou que o Grupo 2, do qual a Otis faz parte, tinha assinado acordo por dois anos em 2016 com a Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT, a FEM-CUT.

“O G2 neste ano já apresentou uma pauta com 55 itens que retiram ou alte­ram cláusulas sociais existentes. O mo­mento é de muita luta e consciência de cada um em defesa dos direitos”, disse.

Ontem à tarde, a assembleia foi com os trabalhadores na Delga, em Diadema. “O momento é difícil por conta da postura dos patrões de querer implantar a reforma Trabalhista da melhor forma para eles. As conquistas dos trabalhadores sempre dependeram da unidade, resistência e luta ao longo da história. Este ano não será diferente”, afirmou.

O coordenador da Regional Ri­beirão Pires e Rio Grande da Serra do Sin­dicato, Marcos Paulo Louren­ço, o Marqui­nhos, alertou para a necessidade de uni­dade nesta Campanha Salarial.

“Os empresários estão com as man­gas de fora e ousados na tentativa de dar o bote nos direitos. A união dos trabalhadores será primordial para manter as conquistas”, concluiu.

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: