PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
12 de Setembro de 2018 | Notícias

Movimentos vão às ruas contra a exclusão

Fotos: Divulgação

No feriado de 7 de setembro, os Metalúr­gicos do ABC, junto com os movimentos sociais e igrejas da re­gião, caminharam na 24ª edição do Grito dos Excluídos. Com concentração no Sin­dicato, a caminhada se­guiu pela rua Marechal Deodoro até a Praça da Matriz.

O diretor executivo do Sindicato, Carlos Caramelo, falou sobre a importância da relação com os movimentos da sociedade que defen­dem um País melhor para todos.

“A atuação de um sindicato cidadão é tanto dentro da fábrica quanto em todos os as­pectos que influenciam a vida das pessoas, em defesa da dignidade e dos direitos”, afirmou.

“Por isso, reunir mo­vimentos de moradia, mulheres, idosos, ju­ventude, LGBT, criança e adolescente, pessoas com deficiência, reli­gião, frente antimani­comial e sindicatos é fundamental para for­talecer a luta”, contou.

Durante o percurso, foram realizadas inter­venções artísticas, com o enterro simbólico das reformas de Temer e da retirada de direitos.

O tema da Marcha deste ano foi “Vida em primeiro lugar! De­sigualdade gera vio­lência: Basta de privi­légios! Lula Livre”. A manifestação também foi realizada em várias cidades do Brasil e da América Latina.

“O desmonte dos programas sociais, a retirada de direitos e os retrocessos no Bra­sil têm penalizado a classe trabalhadora e mais pobre. Toda a in­dignação tem que ser reunida em defesa da democracia e no voto em candidatos com compromisso com as pessoas”, concluiu.

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: