PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
10 de Junho de 2019 | Notícias

Fala Wagnão: Farsa Jato - Foi tudo armação. Libertem Lula já!

Vamos imaginar um juiz que de repente vai julgar alguém que enxerga como seu adversário, alguém que representa tudo que odeia. Esse juiz então encontra na acusação alguém que se identifica com seus preconceitos e convicções.

Está formado um caldo, um redemoinho do qual o réu não conseguirá sair.

O Estado, pela divisão dos seus poderes e isenção nas suas tarefas, deveria coibir esse tipo de situação para proteger qualquer cidadão. Essa legislação está prevista na nossa Constituição.

O que confirmamos foi tudo o que dizíamos: a falta de separação da estrutura judicial que julga e a que acusa. Essa relação se mostrou corrompida pela ação parcial e política daqueles que julgaram não só Lula, mas tantos outros, culpados ou não. Contaminada por este ódio, a Lava Jato se perdeu de seus propósitos.

Esses tinham como único objetivo não o de provar a verdade, mas sim uma tese baseada em suas convicções políticas, preconceituosas e intervencionistas daqueles que se acham ‘deuses’ na interpretação do que seja justiça.

O site The Intercept traz as provas de tudo que já vínhamos afirmando: a Lava Jato não é instrumento de moralização política nem de combate à corrupção. Ela é e sempre foi um instrumento de manipulação para interesses que não são aqueles que deveriam orientar uma justiça republicana, isenta e imparcial.

A Lava Jato e seu ‘proeminente’ juiz Sergio Moro, e seu encarregado Deltan Dallagnol, têm e sempre tiveram lado. Não foi e não é o nosso, não é o seu.

As conversas divulgadas demonstram uma relação promiscua, perniciosa e danosa ao Brasil e demonstram o total desprezo pelas instituições e pela verdade. Esta deveria ser a obrigação de seus autores, Moro, Dallagnol e equipe da Lava Jato, para com o Estado e o direito das pessoas.

As conversas divulgadas expressam o pensamento espúrio de quem a lei só existe para servir aos seus interesses. São práticas de quem está a serviço de uma classe privilegiada e atuam como cães de guarda na defesa dos mais abastados da nossa sociedade há 500 anos.

Lula Livre!

Lula Livre!

Confira a íntegra das reportagens no site theintercept.com/brasil.

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: