PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
18 de Julho de 2019 | Notícias

Sindicato discute situação dos indígenas do ABC

Foto: Priscila Cardoso

Em visita à aldeia Guyrapa-ju, da Terra Indígena Tenondé Porã, em São Bernardo, no último dia 16, o diretor executivo dos Metalúrgicos do ABC, Carlos Caramelo, e o deputado estadual Teonílio Barba (PT-SP) conheceram a situação em que vivem cerca de 70 indígenas.

“Conforme o compromisso que assumimos na visita do cacique Elson ao Sindicato em março, fomos conhecer a realidade dos indígenas na aldeia. Constatamos o abandono do Estado aos nossos irmãos indígenas. Faltam investimentos em educação, saúde, transporte, meios de subsistência de forma geral. Faltam políticas específicas para a população indígena. Em resumo, falta respeito e dignidade”, afirmou.

“O governo federal vem atacando e perseguindo a população indígena, age com covardia ao sucatear a Funai e a Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), órgãos que deveriam apoiá-la, mas não foi o que vimos na aldeia”, criticou.  

O dirigente, que também é conselheiro do Condepe (Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana) contou que vai levar a pauta dos indígenas ao Conselho.

“Também falamos sobre levar os companheiros da Unisol (Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários) para avaliarmos a construção de projetos que visem auxiliar na subsistência da aldeia”, disse.

Para o deputado Barba, é lamentável saber que os descendentes dos povos originários do Brasil vivem em situação tão precária.

“Falta de tudo, inclusive recursos para a construção de uma casa de atenção à saúde indígena e também de uma sala de aula adequada para a educação das crianças indígenas”, afirmou. “Nós nos mobilizaremos para buscar ajudar os moradores e moradoras da aldeia da melhor maneira possível”, disse.

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: