PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
26 de Março de 2020 | Notícias

"Empresário não vai colocar o lucro acima da dignidade humana"

Sindicato cobra responsabilidade social para que empresas deixem seus trabalhadores em casa

Foto: Adonis Guerra

Com a pressão do Sindicato, mais empresas na base anunciaram paradas de produção para manter seus trabalhadores em casa, preservar a saúde de todos e conter o avanço da pandemia do novo coronavírus.

O coordenador de São Bernardo, Genildo Dias Pereira, o Gaúcho, reforçou as medidas que estão sendo tomadas pelo Sindicato.

“Essa doença está nos preocupando e muito. Temos procurado as empresas para que os trabalhadores fiquem no isolamento, junto as suas famílias, que é a melhor forma de proteção”, afirmou.

Na categoria, as montadoras anteciparam a parada de produção para o último dia 23. “Com isso, as empresas também já adotaram medidas como férias coletivas, licença remunerada e outros instrumentos para proteger seus trabalhadores”, contou.

“Infelizmente, têm empresários que ainda colocam o lucro acima da dignidade humana, acima da vida e da saúde dos trabalhadores seus familiares. A esses patrões, fica a nossa indignação e um recado: se vocês não têm responsabilidade social, nós temos e vamos cobrá-los para que tenham também”, concluiu.

A pressão tem sido feita de maneira articulada com sindicatos de outras regiões, Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT e centrais sindicais, já que não adianta uma empresa parar isoladamente. Desde a semana passada, a reivindicação é de que as paradas tenham início até, no máximo, dia 30. A cobrança foi feita aos sindicatos patronais e à Fiesp.

Quem não trabalha em atividade essencial e está sendo obrigado a trabalhar, denuncie pelo WhatsApp do Sindicato: 11 9 7407-3791.

 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: